A origem da palavra biscoito

A origem da palavra biscoito está em duas palavras francesas: "bis" e "coctus", que significam cozido duas vezes.
Segundo historiadores, os gregos juntaram mel (uma vez que o açúcar ainda não era conhecido), leite e canela à receita do pão egípcio, criando assim biscoitos deliciosos. Na época, o especialista em fabricar biscoitos era em geral um escravo, e a receita era passada de geração em geração entre eles. O especialista em biscoitos era considerado um escravo de luxo: podia ser comprado, alugado ou tomado à força, dependendo de sua habilidade.

Os romanos contribuíram, projetando e construindo fornos, tornando assim os biscoitos mais crocantes.

Os árabes, mestres na arte de combinar ingredientes e especiarias, traziam consigo enormes potes de barro com biscoitos, no momento da invasão da Península Ibérica.

Na época dos grandes descobrimentos e das sofridas viagens marítimas, os biscoitos eram a base da alimentação dos marinheiros das caravelas. Sua consistência era extremamente dura, para que durassem meses e para saboreá-los era preciso molhá-los na sopa ou no chá.

O biscoito começou a tornar-se popular na Europa em meados do século XVII, quando adicionaram essências, chocolate ou chás, para criar novos sabores e estimular sua venda. Com as novas criações houve um súbito crescimento no comércio de biscoitos, o que fez com que novos métodos de fabricação fossem criados. Era o inicio de sua industrialização.


   
Rua Tupinambás, 470 | Cerrado | São Tiago/MG
(32) 3376-1551 - (32) 99969-1551

contato@biscoitosvomecias.com.br

 
Desenvolvido por TechInfo (31) 8432-6509